22 agosto 2014

Queijo Chimay à La Bière


O monastério trapista Notre-Dame de Scourmont, conhecido no mundo cervejeiro pelas Chimay, também é o mais conhecido produtor de queijos dentre os trapistas. A produção começou em 1876, e hoje seis queijos diferentes são produzidos.
Hoje vou falar do Chimay à La Bière, queijo que tem a casca lavada com a cerveja Chimay Rouge. Ele lembra bastante um Reblochon, com aroma bastante intenso (a geladeira fica impregnada dele!), notas adocicadas, amendoadas e frutadas. Tem a casca com leve mofo (onde se concentram as notas mais rústicas e aroma intenso) e o interior cremoso e mais suave. O sabor é longo, e se degustado junto com a casca, com o sutil amargor final. Belo queijo!

4 comentários:

Thiago Mattos disse...

Edu, consigo encontrar esse queijo no Brasil? Onde?

Grande abraço

Edu Passarelli disse...

Thiago, tudo bem?

Infelizmente não. Quem sabe em breve.

Um abraço

Edu

Anônimo disse...

O queijo só pode ser comprado no monastério? Ou em lojas especializadas de lá também é encontrado?

Edu Passarelli disse...

Anônimo,

Dá pra comprar em algumas lojas e supermercados, além de também achar na loja gourmet do aeroporto de Bruxelas.