05 novembro 2008

Bohemia Oaken

Na noite de ontem a Ambev organizou um seleto jantar no restaurante Fasano Privé para apresentar seu novo produto sazonal, a Bohemia Oaken. Trata-se de uma lager que passa por maturação com chips de carvalho, trazendo notas de madeira para a cerveja.

Serão apenas 8000 garrafas de 550 ml, que poderão ser compradas apenas no formato de kits, que terão o conteúdo de duas garrafas, duas taças especiais e dicas de harmonização. Cada kit custará R$ 85 e as vendas iniciam em 8 de novembro no site da fábrica virtual de Bohemia. Os poucos consumidores que conseguirem comprar um dos 4 mil kits disponíveis poderão acompanhar todas as etapas do processo de produção de sua própria cerveja on line, já que a fabricação da cerveja começa apenas após o período de vendas.

A receita da nova Bohemia é do mestre cervejeiro Luciano Horn, e além dos chips de carvalho francês, leva uma seleção de lúpulos ingleses e maltes escuros europeus.

Para harmonizar com a Oaken o chef Salvatore Loi (Fasano) preparou especialmente um delicioso cardápio, com duas opções para entrada, principal e sobremesa. Eu escolhi para iniciar um ótimo carpaccio de cordeiro com alcachofrinhas douradas no molho agridoce, seguindo com a também ótima costeleta de cordeiro em crosta de pão de miga, ervas e lentilhas. A combinação com a cerveja foi perfeita. Para finalizar, optei pela mini torta de chocolate quente com creme de laranja. Mais uma vez, uma bela escolha!




Para comprar seu kit, a partir de 8/11, entre em http://www.bohemia.com.br/



Bohemia Oaken
6,0% ABV

Aparência: Castanho claro, límpida, espuma cremosa, de média formação e duração.
Aroma: Floral, frutado, madeira, malte e lúpulo.
Paladar: Dulçor inicial, leve madeira, leve tostado, leve amargor de lúpulo, corpo suave, final seco.

26 comentários:

Rodrigo disse...

Olá Edu,
Estava muito curioso para saber qual seria esta nova cerveja. Como em todo grande apreciador, a curiosidade faz com que às vezes gastemos mais do que uma cerveja realmente vale.
Pela sua descrição sensorial, me parece não ser tão grande coisa assim. Você nem mesmo terminou com o tradicional BOA CERVEJA.
E aí Edu, não quero te deixar em uma situação delicada, mas 80 Reais valem ou não?

Abraços.

Rodrigo Campos
Fortaleza - Ce

Marcos disse...

Assim como todo lançamento de cerveja especial deve ser comemorado com um delicioso brinde à altura, creio que motivo maior para comemoração teremos quando "cervejas limitadas", "numeradas", "ganhadoras de concursos", "em garrafas especiais", "sazonais", "produções únicas" e outras denominações pomposas sirvam para descrever produtos de qualidade superior com preços adequados.

Porém, este tão sonhado dia apenas virá com o amadurecimento do mercado nacional e seus participantes, sejam eles fabricantes, importadores, distribuidores, consumidores, cervejeiros caseiros ou formadores de opinião.

Sem esquecer que a venda apenas em conjunto, conforme anunciada, fere os princípios básicos dos direitos dos consumidores.

Um brinde ao amadurecimento deste delicioso mercado em franca expansão!

Marcos O. Jr.
Blumenau - SC

Marcelo disse...

A cerveja pode ser até boa, mas tenho certeza de que se trata de apenas mais uma jogada de marketing...

espressa-mente! disse...

peraí, na Tcheca eu acompanhei o processo, tive dicas de harmonização, todo gratis. nao ganhei copo especial e ficei feliz com o resultado... sei nao viu, mas sou + a "blond ale" hem!!!
saude!

Anônimo disse...

Edu,

O que você quer dizer quando diz que ela é maturada em chips de carvalho? São lascas (pedaços) de carvalho no tanque? Ou elas são maturadas em barris de carvalho?

Obrigado.

Fábio

Edu Passarelli disse...

Rodrigo,

A cerveja é gostosa, mas está longe de valer os R$ 85, mesmo sendo duas garrafas e duas bonitas taças. De qualquer forma, existe a questão da pouca quantidade, raridade, etc.

Marcos,

Eu concordo em parte com o que você escreveu. Porém, acho que a venda casada lesa o consumidor no caso de bens essenciais. Ok, também sei que para nós apreciadores algumas cervejas são essenciais (rsrsrsrs)... Só acho que é um direito da Ambev lançar a cerveja do modo como ela achar conveniente. Cabe a nós, consumidores, avaliar se a compra é vantajosa ou não.

E um brinde ao mercado em franca expansão!

Marcelo,

Sem dúvida é uma ação de marketing forte para fortalecer a marca Bohemia.

Abraços

Edu Passarelli disse...

Fabio,

Ao invés de usar tanques de carvalho para acondicionar a cerveja durante a maturação, pequenos pedaços (lascas) de madeira são inseridos no tanque para conferir a presença de madeira ao liquido. É uma técnica bastante utilizada em vinhos e alguns destilados, e também bastante polêmica!

Abraços

Mauricio Beltramelli disse...

Amigos,

Apenas para esclarecer a questão jurídica, observo que o artigo 39 do Código de Defesa do consumidor define a chamada VENDA CASADA:

"É vedado ao fornecedor de produtos ou serviços, dentre outras práticas abusivas:
I - condicionar o fornecimento de produto ou de serviço ao fornecimento de outro produto ou serviço, bem como, sem justa causa, a limites quantitativos."

Portanto, a lei não faz nenhuma distinção entre produtos "essenciais" ou não. Uma cerveja sendo vendida somente em duas unidades, e ainda com copo e livrinho É VENDA CASADA, a ferir a lei pertinente.

Uma pena que a grande indústria cervejeira ainda se utilize desse recurso nitidamente marketeiro e ilegal para promover uma cerveja que é apenas razoável.

Um abraço.

Myllana disse...

Sempre foi minha preferida!
Engraçado que já morei em 4 estados brasileiros onde a cerveja muda de sabor (ao que me parece) em cada um deles!
E pra não cometer erros...essa é a preferida!
Gostei mt do teu blog!
Bom fds

Edu Passarelli disse...

Caro Mauricio,

No momento em que eu comentei a venda casada eu apenas expus a minha opinião, tanto que usei por duas vezes a palavra “acho”. Realmente eu não entendo onde fere o consumidor a Bohemia vender a cerveja em kit e com um preço elevado, já que este não é um bem necessário para sua sobrevivência. Mas esta é apenas uma visão pessoal da matéria.

De qualquer forma, muito obrigado pela aula de direito. E ela ainda nos serve como um belo exemplo de que quando temos profissionais escrevendo sobre o assunto que dominam, dificilmente teremos erros ou más interpretações sobre o tema abordado. Portanto, caros leitores, peço desculpas pela minha errônea interpretação da lei.

Um abraço

Edu Passarelli disse...

Myllana,

As cervejas, teoricamente, não deveriam apresentar variações de estado para estado. Isso pode acontecer devido a alguns fatores ocorridos após a fabricação, como armazenagem, data de validade, etc.

Um abraço

Anônimo disse...

Ola..leio sempre o site de voces e gostaria de contribuir com a seguinte informacao. Um restaurante de Belo Horizonte, chamado Haus "Munchen, está vendendo a Samuel Adams Utopias, considerada a cerveja mais forte do mundo, com 27% de teor alcoolico. Pra quem gosta de cerveja é um prato cheio.

Abs..

Rafael Mantesso

Anônimo disse...

Rafael,

Dificil é pagar o preço desta cerveja. No HausMunchen tá custando 400 dolares. Se alguem quiser me dar de presente eu agradeço.

Julio

Edu Passarelli disse...

Rafael,

Ela é vendida também em dose? Você sabe me dizer como foi feita a importação?

Obrigado pela informação.

Um abraço

Renato disse...

Edu, achei sensacionais seus comentários feitos aqui no forum. Verdadeiros, transparentes - aliás, como sempre. Só acho que eles deveriam aparecer no texto do blog. Lá rolou apenas um descritivo da cerveja. Pelo menos por lá, ficou um texto meio sem opinião - e opinião é o que, creio, os leitores vêm buscar em seu blog.

Vinicius disse...

Ola a todos.....

Sou estudante de Direito na PUC/SP e li todos os comentários a cima......

Primeiramente quanto quanto a parte jurídica eu não vejo o instituto da venda casada em tal produto, em nenhum momento foi vendida a cerveja separadamente no mercado, o consumidor nunca teve a oportunidade de comprar só a cerveja e depois foi obrigado a comprar copos e livreto, o produto vendido pela Ambev no caso é um kit e não apenas uma cerveja, seria certo dizer que ao comprar um carro que venha com ar condicionado de série há uma venda casada do carro com o ar condicionado??

Na questão de preço sinceramente acho um preço nornmal para duas garrafas, taças e uma embalagem bonita, ou aqui ninguem nunca comprou um kit da guinness com uma lata e um copo por R$ 40,00 em média, qualquer um que vai a um bar que tenha uma carta de cervejas diferenciada sabe o preço que custa para apreciá-las...

Comprei um kit desses e não vejo a hora que chegue para poder experimenta-la (por mais que não seja a melhor cerveja do mundo, mas todas são uma nova experiência).....

Abs a todos......

Arthur Vieira disse...

o problema é que ta demorando muito pra chegar...

e é venda casada sim!, porque a ambev poderia muito bem vender todos os itens separadamente... por exemplo, tem o Nº 1 mas se você quiser comprar um big mac, um refri e uma batata (ou apenas um desses itens) você pôde comprar perfeitamente...

mas essa é uma discução menor... o que eu quero é minha oaken!!! VÔ COME ATEH O VRIDO DO NEGÓCIO!!!!

Guilherme Demo disse...

Recebi meu Kit em 15/12 conforme o prometido.
Achei de muito bom gosto, além da garrafa e das taças, o kit ainda conta com bolachas descrevendo os processos de fabricação.
Vou degusta-la hoje, e espero corresponder a expectativa.
Grande abraço e saúde...

Vinicius disse...

Recebi tbm minha garrafa no dia 16/12, mas tive um sério problema

Uma das garrafas veio vazando (perdeu mto gas e uma boa quantidade do produto) devido ao mau trato na hora do transporte e para piorar o SUBMARINO jogou para a AMBEV fazer a troca do produto...... Ainda não entrei em contato com a AMBEV, mas sinto que vou ficar sendo jogado de um lado para o outro.... Bom vamos ver o q vai acontecer.

Mais alguem com algum problema??

Abs

Edu Passarelli disse...

Guilherme,

Conte aqui as suas impressões.

Vinicius,

Caso tenha problemas, poste por aqui tb.

Abraços

Claudio Garbi disse...

Bem, como um bom apreciador de cervejas (veja bem apreciador não quer dizer que sou especializado) comprei alguns kits da OAKEN. Recebi todos eles dentro da data prevista para a entrega. A degustação aconteceu hoje. E digo o seguinte, valeu cada centavo pago! Um cerveja encorpada, de sabor forte e ao mesmo tempo suave, é uma cerveja para ser degustada. Resumindo, uma delícia, pena q seja tão limitada.

Felipe disse...

Alguém poderia postar dicas de degustação, temperatura ideal, acompanhamento, etc?..

Edu Passarelli disse...

Felipe,

Deguste-a em torno de 5C. Não mais que isso. O copo certo creio que vc já possui!

Para acompanhar, além as sugestões acima, eu escolheria carnes de caça, algumas castanhas, etc.

Abraço

Guilherme Demo disse...

Edu a cerveja é realmente boa, suave, creio que um pouco suave demais, esperava um sabor um pouco mais forte e marcante, talvez com o amargor um pouco mais acentuado. De qualquer forma está aprovadíssima. Vale o investimento.

Ricardo Mansano disse...

Aulas de direito a parte. Estou provando a "pseudo-cerveja" agora... Pelo termo que utilizei da pra notar minha "satisfação" nao é? e não é preconceito... sempre dei valor a marca Bohemia pela atitude de, pelo menos, trazer o nome de grandes estilos de cerveja do mundo ao Brasil, em larga escala. Mas com certeza, todo este marketing leva à total decepção a qualquer pessoa que ja provou alguma cerveja desse estilo.
Enfim: ralo. vou abrir uma Eisenbahn Weizenbock agora pra "clarear" minhas papilas..rsrsrs

R. Mansano disse...

Ah, esqueci da minha DICA DE HARMONIZACAO.
Cozinhe um frango. Desosse o frango, desfie e misture uma dose da Oaken. Continue cozinhando até evaporar o alcool. Sirva quente.
Pronta a CANJA. (pois no rotulo diz q tem cereais não-maltados, ou seja, milho e arroz - e com que se faz canja? rsrs)