27 maio 2013

III South Beer Cup - Resultados


 
Antares leva o prêmio de Cervejaria do Ano
Na última semana aconteceu em Buenos Aires a III South Beer Cup. Estive por lá e participei do evento como jurado. Foram cerca de 350 amostras julgadas por juízes de Brasil, Argentina, Chile e Estados Unidos.
Dividi mesa com Pete Slosberg (EUA) e Ricardo Muhape (Argentina). Julgamos três estilos de cervejas, todos de alta fermentação, sobre os quais prefiro manter sigilo, por questões éticas.
Como em qualquer concurso, os resultados geram polêmica. Neste, um fator “fermentou” ainda mais a celeuma: a macrocervejaria AmBev faturou 3 medalhas no estilo American Lager, ouro, prata e bronze, respectivamente com Brahma, Bohemia e Antarctica.
Por decisão da organização, muitos estilos foram agrupados em categorias mais abrangentes, o que também gerou reclamação de alguns participantes. A justificativa foi não ter menos de oito entradas em cada categoria. Isso faz com que muitos prêmios não tenham a cerveja especifica ganhadora indicada. Estou apurando com as cervejarias quais foram. Eu prefiro categorias menores, mas estilos sendo julgados com maior precisão. Porém, estava lá apenas para julgar o que chegasse às cegas em minha frente.
As amostras foram entregadas em copos numerados, temperatura adequada e sigilo imenso, por pessoas qualificadas para tal. Isso exime qualquer tipo de parcialidade, sabotagem ou qualquer outra atitude de má fé.
Uma grande e boa surpresa foi ver a Cervejaria Antares eleita como a Melhor do Ano. Suas cervejas evoluíram muito no último ano. Degustei muitas delas nos 4 dias em que estive em Buenos Aires e me impressionei. Parabéns a Antares e ao Leo Ferrari! Outro destaque foi a uruguaia Davok, com muitos prêmios e boas cervejas.
O concurso tem a melhorar? Certamente. E vem melhorando edição a edição. Na próxima, certamente será melhor!
Vamos às medalhas brasileiras:
American Amber / Red Ale – Prata para Backer
American IPA – Bronze para Wensky
Pale Ale – Prata para Bierland Pale Ale
Imperial Stout – Bronze para Bierland Imperial Stout
Imperial Stout – Prata para Colorado Ithaca
Brown Ale – Ouro para Backer
Old / Strong / Scotch – Ouro para Wensky
Irish Red – Bronze para Dado Bier
English Pale Ale – Bronze para Karavelle
American lager – Menção para Karavelle
American Lager – Bronze para Antarctica
American Lager – Prata para Bohemia
American Lager – Bronze para Brahma
Imperial IPA – Menção para Krug
Imperial IPA – Bronze para Invicta
German Weizen – Bronze para Província
German Wizen – Prata para Bierbaum
German Lager – Bronze para Bierbaum
German Lager – Prata para Bamberg
German Lager – Ouro para Bierhoff
Dark Lager – Bronze para Bierbaum
Fruit / Herb / Spice – Ouro para Dado Bier
Belgian Abbey / Blond – Bronze para Wals
Other German Lager – Bronze para Dama Munchen
Other German Lager – Prata para Bamberg
Other Styles – Prata para Invicta
Other Styles – Ouro para Colorado Berthô

As demais vencedoras podem ser encontradas neste link

5 comentários:

Phil disse...

Pra mim não existe polêmica nenhuma na Brahma, Bohemia e Antártica terem ganhado medalhas na categoria American Lager. Se elas estivessem frescas (acredito que a AB-Inbev se certificaria disso) então representariam muito bem o estilo.

Edu Passarelli disse...

Pois é, Phil. O fato é que quando os prêmios foram anunciados o povo vaiou bastante. E depois, nas redes sociais surgiu essa polêmica.

Antonio Carlos disse...

Se a degustação foi às cegas não há como falar em manipulação, mas estas três da ambev serem campeãs, fico com medo das outras.

Edu Passarelli disse...

Antonio, tudo bem!?

Não existe hipótese de manipulação.Os jurados, além de competentes, tem credibilidade de sobra no meio cervejeiro. O fato é: elas ganharam. Vale alguns reverem conceitos, em minha opinião.

Um abraço

Bier-TO disse...

Muito simples.

Com certezam as que foram servidas não estão nas gondolas dos mercados....