28 junho 2010

Biertruppe Vintage N°1

 
Quatro amigos apaixonados por cerveja. Essa é a essência da Biertruppe. Em 2008, eu, Botto, André e Alexandre resolvemos brincar de produzir cerveja. Não seriam simples cervejas, mas sim cervejas que o brasileiro tinha pouco acesso ou que a industria nacional ainda não oferecia para abastecer nossos copos.
Começamos com uma pilsen, a Tcheca. É claro que não se tratava de uma pilsen qualquer, mas sim uma pilsen que resgatava a alma do estilo, notas intensas de malte e o lúpulo checo dando o ar da graça, tanto no amargor quanto no aroma. Logo depois veio a Saint Nicholas, uma blond ale feita especialmente para comemorar o Natal.
Mas foi em janeiro de 2009 que começou a nossa mais ousada produção. Garimpamos e adquirimos dois barris de carvalho, antes usados por uma vinícola do sul para produzir brandy e vinho tinto. Preparamos uma ale potente, alimentada por uma cepa de leveduras especiais capaz de atingir altos teores de álcool. Parte desta ale, após fermentar e maturar em tanques de inox, seguiu para a maturação em carvalho. Foram 100 dias em madeira, até retornar para o tanque onde repousava a outra metade. Tínhamos ai uma autêntica Barley Wine, estilo típico inglês que apresenta notas intensas de malte, frutado, lúpulo e originalmente repousava em madeira, trazendo também estas notas à cerveja. Para batizá-la, prestamos uma homenagem a cerveja inglesa Bass, a primeira barley wine conhecida, e que se chama N°1. Nascia ai a Biertruppe Vintage N°1.
Muita coisa aconteceu desde agosto de 2009, quanto teoricamente a cerveja estaria pronta para o consumo. E estes fatos fizeram com que a cerveja não pudesse ser lançada comercialmente, como havíamos feito com nossas duas primeiras produções.
No último mês chegou o momento dela ser degustada por outros paladares que não os nossos. Como se trata de uma produção limitadíssima, e que apresentou custos altíssimos, decidimos que o acesso a ela seria restrito, destinado aos realmente apaixonados por cerveja, e que saberiam avaliar o que está dentro da garrafa que é vestida pela arte de André Clemente.
A Biertruppe Vintage N°1 é uma cerveja potente, de forte personalidade. Quase não possui gás ou forma espuma, características do estilo. No aroma, percebe-se notas de malte, frutado que remete a ameixas secas, marmelada, e uvas passas. Madeira e toffee completam as principais sensações, que podem ir muito mais longe devido a complexidade da cerveja. No paladar, corpo intenso, baixa carbonatacão, álcool, e as sensações de aroma replicadas. Posso dzier que é uma das melhores produções que o mercado brasileiro já viu. Única e especial!
Já provou a sua? O que achou? Estamos curiosos! Ainda não? Então a dica é procurar a Izabel é dizer: VNTG!


13 comentários:

Sulivan disse...

Eu quero uma. Como façopra comprar?
Abs
Sulivan
www.clubier.com.br

Rodrigo Terror disse...

Fiquei com água na boca...também quero uma!!

Abraços e parabéns pelo blog Edu!

Edu Passarelli disse...

Sulivan,

Me mande um e-mail. edu edurecomenda.com.br

Rodrigo,

Obrigado pelo elogio! Se quiser, tb me escreva.

Abraços

FABIAN disse...

E os gaúchos, como fazem pra provar essa maravilha? :D

Abraço!

http://bebendobem.tumblr.com

Edu Passarelli disse...

Fabian,

Vou pensar em uma solução! hehehe

Abraço

José Raimundo Padilha disse...

Parabéns a todos os amigos da Biertruppe, em especial ao Botto, por esta sensacional Barley Wine, que tive oportunidade de experimentar na companhia de seu criador e que veio suprir uma lacuna importante no universo cervejeiro nacional.

Edu Passarelli disse...

Valeu, Padilha!

E as cervejas, está produzindo?

Abs

José Raimundo Padilha disse...

Por enquanto, só consumindo, Edu.

Mas abraço essa nobre e digníssima função com fervor de devoção e aplicação de discípulo abnegado.

Saudações cervejeiras!

Daniel Guerrini disse...

Já tens uma solução pro sul?

Biso disse...

Edu, preciso deixar meu elogio sobre esta. Provei ela no meu aniversário e posso dizer que foi um dos melhores presentes.

Cerveja refinadissíma, excelente, para beber a noite inteira.

Parabéns novamente.

Anônimo disse...

Parabéns Edu, Botto, Alexandre e André pela excelente cerveja!!!

Tive o privilégio de tomar em primeira mão no evento Mesa SP ano passado e agora novamente, dessa vez na garrafa, pude ter a mesma certeza de estar diante de uma cerveja impecável. É uma das melhores produções nacionais, se não a melhor! Os cervejeiros brasileiros deveriam explorar mais os barris, pois eles dão um "algo a mais" para determinadas cervejas.
O melhor é que aos poucos estão sendo produzidos aqui estilos que até então não tinhamos muitas(ou nenhuma) opções nacionais.. tomara que iniciativas como essas sejam cada vez mais seguidas.

Abraços

Diego Cartier

Edu Passarelli disse...

Daniel,

Chegou no Bier Markt.

Abs

Edu Passarelli disse...

Biso, Diego,

Realmente vcs tiveram a oportunidade única de provar a Vintage em primeira mão.

Ficamos felizes com os elogios!

Abraços,

Edu