30 abril 2010

Quanto absurdo!!! Renato Machado!!!

Estou indignado com o que acabo de ouvir. O amigo Ricardo Amorim me passou o link de um comentário do jornalista Renato Machado à radio CBN, falando sobre cervejas e suas harmonizações. Meus Deus, quanto absurdo!!! Renato, tem momentos na vida em que é melhor fica quieto. Alegar ignorância sobre um assunto é mais gentil e inteligente do que falar baboseira por aí...

Quer ouvir? Clique aqui.

Em Tempo:

Acabei escrevendo o breve texto acima em um momento de pressa, e não comentei sobre os erros do colunista.

Existem mais de 600 cervejarias na Bélgica. Muitas boas, muitas ruins e outras, como vocês sabem, ótimas. As Abadias, em sua maioria, já não produzem cervejas há muitos anos, feito que é realizado hoje por indústrias de vários portes. Classificar uma cerveja como "de Abadia" não a enquadra em nenhum estilo. Portanto, as tais “artesanais feitas à mão” não resumem a imensa variedade de cervejas deste país.

Falta do Renato conhecer mais sobre cervejas inglesas, alemãs, irlandesas, americanas, brasileiras, dentre outras, e até as belgas!

Quanto ao açúcar, gostaria que o Renato me explicasse de onde vem o álcool dos vinhos? Claro que vão existir receitas com açúcar residual maior, outras mais secas, etc. E isso também com os vinhos! E as calorias? Em sua maioria, vem do álcool, assim como na bebida de Baco!

Falta a ele também saber mais sobre maltes, suas torrefações, sabores que proporcionam, etc. E os lúpulos? Trazem não só o amargor, mas notas cítricas, florais, herbais, etc. Isso sem falar no fermento, que proporciona uma complexidade imensa a determinados estilos. Tá bom, não vou falar nem de adjuntos como frutas, cereais... Estágio em madeira? Nem pensar!

Renato, abra sua mente. Quer saber mais sobre harmonizações, e ver como elas funcionam? Dê uma olhada aqui http://edurecomenda.blogspot.com/search/label/Harmoniza%C3%A7%C3%B5es
Saúde!

19 comentários:

Erik N. M. disse...

Realmente muito triste.
Típicos comentários de pessoas que não estão abertos a novas (NOVAS??) experiências.

Erro atrás de erro.
1) Como se só na Bélgica existissem cervejas artesanais;

2) Sugerir que é impossível (foi o que ele fez) harmonizar comida com cervejas.

Ele precisa é de um curso.
Abraços

J.Monaco disse...

Ele precisava ser afogado em Shervejash Archtezanaish. O imbecil fala de uma coisa que não entende... ó atroz sotaque do inferno. Uma opinião infundada colocada como verdade ofende mais quando vem acompanhada de um tom arrogante.

Murilo Foltran disse...

Não é a primeira vez que ele faz isso. Deve ter ciúmes, sei lá.

Cris Leite disse...

Renato Machado é um arrogante!!! Acha que sabe mt de tudo! Chato chato e chato! Bjs temperados com cerveja Edu!

Leo Oliveira disse...

Edu,

pensei que tinha alguma noção sobre cerveja, mas hj vi que não sei nada ! e viva o grande renato machado !!!

ps - outra coisa, devo estar com uns 380k... Pífio !

Forte abraço !!

Alexandre Bamberg disse...

Já passei pra ele o endereço de algumas cervejarias artesanais no Brasil.
Este ano começou animado é só neguinho falando asneira.

Casemiro disse...

O Alexandre da Bamberg já colocou seu comentário no site da CBN, eu também já postei o meu, sugiro que todos também se manifestem por lá, inundando o link de comentários teremos mais força para que reparem o desservico prestado pelo jornalista. Segue o link http://bit.ly/bzL2Cb
Pão e Cerveja a todos!

Christiano Galvani disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Christiano Galvani disse...

Se cervejas artesanais só existem na Bélgica, do que chamaremos as artesanais brasileiras, americanas e de outros países?

Felipe Rodrigues disse...

O cara ainda fala que a cerveja engorda por que é feita com malte e tem muito açucar....e a frutose no vinho também não é açucar e nao engorda???
Total desconhecimento de cerveja e também de vinho...
Esses caras que tomam vinho acham que cerveja é bebida de ralé...resumindo, ele foi um completo idiota...VIVA AS CERVEJAS ARTESANAIS DO MUNDO TODO!!!!

Edu Passarelli disse...

Caros,

Acabei escrevendo o breve texto em um momento de pressa, e não comentei sobre os erros do colunista.

Existem mais de 600 cervejarias na Bélgica. Muitas boas, muitas ruins e outras, como vocês sabem, ótimas. As Abadias, em sua maioria, já não produzem cervejas há muitos anos, feito que é realizado hoje por indústrias de vários portes. Classificar uma cerveja como "de Abadia" não a enquadra em nenhum estilo. Portanto, as tais “artesanais feitas à mão” não resumem a imensa variedade de cervejas deste país.

Falta do Renato conhecer mais sobre cervejas inglesas, alemãs, irlandesas, americanas, brasileiras, dentre outras, e até as belgas!

Quanto ao açúcar, gostaria que o Renato me explicasse de onde vem o álcool dos vinhos? Claro que vão existir receitas com açúcar residual maior, outras mais secas, etc. E as calorias? Em sua maioria, vem do álcool, assim como nos vinhos!

Falta a ele também saber mais sobre maltes, suas torrefações, sabores que proporcionam, etc. E os lúpulos? Trazem não só o amargor, mas notas cítricas, florais, herbais, etc. Isso sem falar no fermento, que proporciona uma complexidade imensa a determinados estilos. Tá bom, não vou falar nem de adjuntos como frutas, cereais... Estágio em madeira? Nem pensar!

Renato, abra sua mente. Quer saber mais sobre harmonizações, e ver como elas funcionam? Dê uma olhada aqui http://edurecomenda.blogspot.com/search/label/Harmoniza%C3%A7%C3%B5es

Saúde!

Fábio Guima disse...

Não é a primeira vez que o "nobre" Renato Machado fala uma bobagem, mas até então suas asneiras se limitavam ao mundo do vinho (sim, já o flagrei dizendo algumas pérolas sobre aquilo que, em tese, é a sua especialidade). Pra mim, "especialistas" como ele que vão em canais de comunicação pagar de entendidos, merecem outro nome: CHARLATÕES. Li uma observação muito interessante de um ouvinte no site da CBN e gostaria de fazer-lhe as mesmas perguntas: Qual sua opinião sobre o programa Harmonize (inclusive, programa exibido na mesma emissora que paga seu salário), que tem a finalidade de mostrar as harmonizações entre pratos e cervejas ? O que ele diz da edição do Menu Confiança (de onde "foi saído" porque o Claude se mostrava muito mais simpático e humilde que ele, portanto fazendo muito mais sucesso), onde a proposta foi a harmonização de um prato com a Lust ? Hem, Seu Renato, o que nos diz ?

Pablo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pablo disse...

Um pedante em sua gravata borboleta. Sempre foi.

(Aliás, de afirmações atrozes o mundo está cheio, basta ver o infeliz comentário aí acima sobre o sotaque do Renato Machado.)

José Raimundo Padilha disse...

Um comentário como este do Renato Machado não pode passar em branco. Há 40 anos ninguém tinha cultura de vinho. Foi preciso muito conhecimento e informação para mudar. Da mesma maneira, precisamos incentivar o conhecimento sobre cerveja e impedir que asneiras como as que ele disse ecoem como verdade para os leigos.

Anônimo disse...

Edu,

Acabei de enviar meu e-mail de desagravo para a diretora da CBN:
mariza.tavares@cbn.com.br
Falar diretamente com a chefe pode evitar filtros.

Abraço.

Fábio

CaRIOca disse...

Vejam no link abaixo que nao é só de cerveja que o Renato erra..vinhos tambem! E erra feio!

A principal explicação é que ao inves de ter o conhecimento sobre o assunto a qual fala em tom professoral, o Renato na verdade, usa e abusa do "São Google"!

Renato Machado versão web 2.0 ta rateando!

http://www.baccoebocca.it/noticiaView.asp?CodigoNoticia=830

Edu Passarelli disse...

A diretora do programa de recusou a responder ao Fabio. Disse que o jornalista Renato Machado tem liberdade para expressar sua opinião...

E como mencionou o Carioca, parece não ser exclusividade de nós, cervejeiros, ouvir pérolas do ilustre senhor...

Abraços

Schumacher disse...

Realmente teria sido melhor ele dizer que não entende do assunto.
Schumacher