18 agosto 2008

Cerveja x Vinho. Disputa de Harmonizações - Revista Prazeres da Mesa

A revista Prazeres da Mesa deste mês traz na matéria de capa uma “Guerra de Harmonizações” entre cervejas e vinhos.

A reportagem é inspirada no livro americano “He Said Beer, She Said Wine”, onde Sam Calagione (Cervejaria Dogfish) e Marnie Old (Sommelier) debatem diversas harmonizações entre as duas bebidas. Na versão tupiniquim, Cássio Piccolo (FrangÓ) e Jorge Lucki (Prazeres da Mesa) foram, respectivamente, quem escolheram cervejas e vinhos. Para completar o time de degustadores, André Clemente e Eu, nas cervejas, e Bernardo Silveira e Ricardo Castilho, no time dos vinhos.

Todos degustaram pratos preparados por Rodrigo Martins (Vino!, sede do evento), harmonizando com as cervejas e vinhos escolhidos. As harmonizações deveriam ser classificadas por: divórcio, combinação ruim, não compromete, boa combinação e ótima combinação. Foram seis pratos e seis cervejas/vinhos.

Na média os vinhos levaram pequena vantagem sobre as cervejas. Porém, a melhor harmonização de todas foi com a cerveja, e é a da foto que ilustra a capa. Para ler as notas de avaliação, comentários e textos sobre as harmonizações, compre a Prazeres da Mesa do mês de agosto.

4 comentários:

VdeAlmeida disse...

Também gosto de tentar umas harmonizações. Só uma pergunta: o que você comeria com uma trapiste como a Chimay azul ou a Westvleteren 12?
(claro que há sempre os queijos, mas queria outras alternativas)

abraço

Edu Passarelli disse...

Almeida,

Elas são ótimas para companhar bons pratos. Faça uma receita com pato confitado, por exemplo. Caças e molhos mais densos também são boas pedidas! Bom apetite!

Um abraço

Marcio disse...

Ideia genial!!

Vou ler a matéria com certeza! Linda capa!!

Abs!

Edu Passarelli disse...

Marcio,

A edição é antiga, de 2008. Mas vou colocar o PDF no blog. Abraço