14 janeiro 2008

Kunstmann

A microcervejaria Kunstmann foi fundada em 1998 por Armin Kunstmann, na cidade de Valdívia, Chile. Em maio de 2002 se associaram a CCU, empresa que trouxe um maior capital ao negócio, auxiliando em sua logistica e marketing, mas não deixou com que a cervejaria perdesse seu caráter familiar.

Produzem cervejas dentro da Lei de Pureza Alemã. Degustei quatro delas, recém chegadas ao Brasil.
Kunstmann Lager
4,0% ABV

Aparência: Dourada, boa formação de espuma.
Aroma: Grãos e leve doce.
Paladar: Grãos, leve doce, leve amargor.
Kunstmann Honig Ale (Ale com adição de mel)
4,8% ABV

Aparência: Dourado para âmbar. Média formação de espuma.
Aroma: Forte mel, leve malte.
Paladar: Forte mel, doce, malte, leve amargor final.
O extrato de mel deixa traços fortes na cerveja, tanto em aroma quanto em paladar.
Kunstmann Torobayo (Pale Ale)
5,0% ABV

Aparência: Âmbar, com média formação e boa duração de espuma.
Aroma: Malte, frutado, leve lúpulo.
Paladar: Malte, leve doce, caramelo, lúpulo.
Kunstmann Bock
5,3% ABV

Aparência: Marrom escura, quase preta. Boa formação e duração de espuma.
Aroma: Torrado, café.
Paladar: Torrado, caramelo, café, leve defumado, leve amargor final.
Minha preferida entre as quatro.

Onde:
Sabores do Chile
http://www.saboresdochile.com.br/

Um comentário:

Marcelo disse...

Os chilenos vem fazendo excelente cervejas....Viajo constantemente para lá, e a cada viagem, tem um microcervejeiro novo. Destaque para a SZOT, Cerveza del Puerto, Cerveza Capital
O mais interessante é que eles se reuniram e criaram uma associação de microcervejeiro para defender seus direitos, pois a CCU (Ambev chilena) iria registrar o nome ALE comuma de suas cervejas.
Quantas as Kunstmann, com excessão da Torobayo, coloco num patamar inferior as citadas acima.