15 junho 2007

Artesãos da Cerveja - Cervejarte

Degustação com as cervejas da Cervejarte, produzidas pelo Ricardo Rosa.

Acho que já escrevi aqui algumas vezes sobre a minha empolgação com a qualidade das cervejas dos cervejeiros caseiros. Isso aconteceu mais uma vez!

A Cervejarte surgiu em 2004 como marca para as cervejas preparadas pelo Ricardo. Na página dele na internet ele disponibiliza algumas receitas, a calcularte(uma calculadora cervejeira para auxiliar a elaboração de receitas e análise de resultado das produções) bons textos e o principal: usa o espaço para difundir a cultura cervejeira no Brasil!
Além desta página ele escreve um Blog, onde conta suas experiências com cerveja e descreve suas produções. O Ricardo também é sócio fundador da ACervA Carioca.

Suas cervejas receberam prêmios no 1º Concurso Nacional de Cervejas Artesanais da ACervA Carioca; um segundo lugar na categoria Pale Ale, com a Cervejarte ESB e um terceiro na categoria livre, com a Cervejarte Dubbel.

Vamos à degustação:

Monty Python (ESB)
Uma pale ale ao estilo inglês, com baixa carbonatação e sabor característico. O nome é uma homenagem ao filme. Elaborada com cinco tipos de malte, três de lúpulo e fermento “British Ale”.

5,2% ABV
Aparência: âmbar escuro, média formação e duração de espuma.
Aroma: Malte, caramelo, frutado (pêssego, banana), lúpulo.
Paladar: Malte, tostado, lúpulo, bom amargor final.


O Espresso da Meia-Noite (Porter)
Isso mesmo, espresso com “s”! Mas eu explico: ela leva em sua composição um malte chamado café, e o meia-noite é devido à sua cor. Daí a brincadeira com o nome do filme! Além do malte café, leva mais alguns maltes tostados.

5,5% ABV
Aparência: Preta, ótima formação e duração de espuma.
Aroma: Tostado, café, chocolate, leve lúpulo.
Paladar: Malte, chocolate, queimado, café, chocolate, amargor final.

La Trapaça (Dubbel)
O nome surgiu quando o Ricardo, que degustava uma Dubbel da La Trappe, foi questionado por um colega da Acerva se aquela era a Dubbel da Cervejarte. A resposta foi: - Se eu dissesse que sim esta passa a ser uma La Trapaça! O nome pegou!!
Leva oito tipos de malte na fórmula, além de dois lúpulos e fermento trappista.

6,3% ABV
Aparência: Marrom, boa formação e média duração de espuma.
Aroma: Frutas (banana, pêra), tutti-frutti, malte.
Paladar: Malte, caramelo, frutado, leve doce, baixo amargor.




A Inveja de Baco (Barley Wine)
Elaborada com maltes especiais, fermento “British Ale” e chips de carvalho durante a maturação. Uma cerveja que permite a guarda, e deve ganhar muito com o tempo.

10% ABV
Aparência: Marrom escura, pouca formação de espuma (característica do estilo).
Aroma: Malte, baunilha, maça verde, álcool. Complexo.
Paladar: Toffee, carvalho, licorosa, adocicada, álcool, lúpulo. Complexa.
Maravilhosa!!!

Onde:
Cervejarte
http://www.cervejarte.org/

Blog da Cervejarte
http://blog.cervejarte.org/

6 comentários:

Botto disse...

Edu, parabéns!!! Desta vez te parabenizo não pelo site, que tb é muito bacana, mas por ter tido o privilégio de ter experimentado estas Cervejarte. As cervejas do Ricardo estão cada dia melhores.
Aquele abraço,
Botto

VdeAlmeida disse...

Têm um excelente aspecto! Ainda há quem goste de cerveja sem gola?
Olha só a beleza que dá!
Abraço

Anônimo disse...

Grande Edu! Valeu pelos comentários! Nos vemos lá na Brasil Brau.
Aquele abraço!
Ricardo

Ricardo disse...

Grande Edu! Valeu pelos comentários!
Nos vemos lá na Brasil Brau.
Aquele abraço!
Ricardo

Ricky disse...

Ola Edu,
Sou um novo leitor do teu blog.
Gostaria de parabenizá-lo em prol de nós, amantes de boa bebida e gastronomia.
Gostaria de saber se esta exposição Brasil Brau é aberta ao público e como fazer para visita-la!
Um abraço!

Edu Passarelli disse...

Olá Ricky,

Obrigado!

A feira é voltada para profissionais do setor. tente fazer a inscrição através do site.

Abraços